fbpx

Serra da Arrábida: Guia e dicas de viagem

por Fábio Santos

Águas cristalinas, areia fina e branca e uma serra verdejante são um conjunto de palavras que automaticamente teletransporta o nosso imaginário para destinos paradisíacos tailandeses ou australianos. E se eu lhe contar que todo esse cenário que tanto sonhamos está mesmo aqui ao pé de nós? Na Serra da Arrábida, nas suas praias e encostas, certamente irá sentir-se no verdadeiro paraíso. 

A oeste da cidade de Setúbal, e a meros 40km de Lisboa, encontra-se a Serra da Arrábida. Com uma extensão de 35km e com o seu ponto mais alto situado a 501m de altitude, a Arrábida, pela sua localização, é a simbiose perfeita entre o azul do mar e o verde da serra. Embora as praias sejam o principal cartão de visita da região, os castelos centenários, os percursos pedestres e a boa gastronomia são outros atrativos que encantam os visitantes.

Acessos às praias da Arrábida – Projeto “Arrábida Sem Carros”

Desde 2018, ano que se implementou o projeto “Arrábida sem Carros”, que a Câmara Municipal de Setúbal quer pôr término ao condicionamento de trânsito que assolam as ligações entres as praias da arrábida.

No ano de 2020, a partir de 13 de junho até 15 de setembro, a circulação entre os parques de estacionamento da Figueirinha e do Creiro é completamente proibida entre as 8h e as 20h. Apenas é permita a passagem a transportes públicos, veículos de emergência e residentes. O acesso ao Portinho da Arrábida está também condicionado entre as 8h e as 19h. Estes constrangimentos de trânsito já ocorrem desde 2018, a novidade para 2020 é o corte à circulação no acesso à Praia de Albarquel.

Como posso deslocar-me para as praias da Arrábida?

  • Autocarro: O intuito do projeto “Arrábida Sem Carros” é que o meio de transporte utilizado no acesso às praias seja feito através de transportes públicos coletivos. Essas ligações são possíveis a partir de Setúbal e de Azeitão.
    • Setúbal (Estação Rodoviária) – Praia da Figueirinha: 4,5€ (ida e volta)
    • Setúbal (Centro Comercial Alegro) – Praia da Figueirinha: 4,15€ (ida e volta)
    • Brejos de Azeitão – Creiro: 4,75€ (ida e volta)
    • Vaivém Gratuito entre Figueirinha e Creiro (paragens em Galapos e Galapinhos)

Nota: Estes preços têm desconto para menores de 12 anos e bilhetes pré-comprados.

  • Automóvel: Caso pretenda chegar às praias comodamente instalado no seu automóvel é possível fazê-lo estacionando-o nos parques da Figueirinha e do Creiro. 
    • Creiro: 4€ (por dia)
    • Figueirinha: Preço varia conforme a época e dia da semana, consulte tabela abaixo.

O objetivo com estes cortes de trânsito é evitar o estacionamento desordenado que habitualmente ocorria e permitir a circulação de veículos de emergência em caso de acidente.

Se não quiser abrir mão do seu automóvel aconselhamos a chegar bem cedo aos parques estacionamento uma vez que eles lotam muito rapidamente. Para chegar às praias dos Galapos, Galapinhos e Coelhos é possível fazê-lo a partir do estacionamento do Creiro através de uma curta e bonita caminhada de cerca de 20 minutos.

Serra da Arrábida | Que praias visitar?

Ao longo da marginal junto ao mar, que podemos aceder através da saída oeste em Setúbal, iremos encontrar as principais praias da região. As praias da Arrábida são idílicas e a cor das suas águas deixam-nos completamente de queixo caído. A qualidade das suas águas somada à envolvência paisagística da fauna e da flora da serra são a combinação perfeita para formar verdadeiras praias de sonho.

1 Praia da Figueirinha

Possivelmente a praia mais acessível de todas as praias da região, a Figueirinha possui um estacionamento com um número razoável de lugares e a chegada ao areal faz-se calmamente, sem necessitar de realizar percursos pedonais sinuosos na montanha. A praia da Figueirinha tem um dos maiores areais das praias da Arrábida, a sua areia fina e as suas águas límpidas atraem inúmeros banhistas nas épocas de Verão. Irá encontrar ainda um agradável bar com esplanada e restaurante, onde poderá beber uma bebida refrescante ou realizar a sua refeição.

2 Praia do Portinho da Arrábida e do Creiro

A melhor opção para quem deseja visitar a praia do Portinho da Arrábida é deixar o automóvel no parque de estacionamento do Creiro, para assim ficar mais descansado com a segurança do veículo e com a certeza que não será multado por estacionamento abusivo. Após uma breve descida até ao areal da praia do Creiro será possível, através de uma curta caminhada pelo areal, alcançar a praia do Portinho da Arrábida. Pela facilidade de acesso e pela envolvente natural e paisagística destas duas praias que confinam o mesmo areal, tornaram-se as nossas favoritas.

3 Praia dos Galapinhos e Galapos

As praias dos Galapinhos e Galapos são as praias com piores condições de acessibilidade, mas também as mais espetaculares e exóticas. A sua vista de cortar a respiração e a ansiedade de mergulhar nas águas cristalinas e refrescantes da Arrábida, dá-nos coragem mais do que suficiente para enfrentar as íngremes descidas. Após um percurso por um trilho sinuoso, recheado de pedras e algumas inclinações, é possível alcançar a famosa praia dos Galapinhos, considerada a melhor praia da Europa em 2017 pela European Best Destination. A condecoração não é à toa, o mar tranquilo com as suas águas transparentes, a areia fina e branca atrás de uma enorme montanha verdejante, faz-nos acreditar que estamos de facto nas Maldivas. Toda a envolvência serve de incentivo!

Os trilhos, embora difíceis, estão claramente descobertos e permitem nos deslocar até à praia pretendida. Com maré baixa, é possível atravessar a pé da praia de Galapos até Galapinhos, calmamente.

4 Praia dos Coelhos

A Praia dos Coelhos é uma das praias da Serra da Arrábida que mais apreciamos! Outrora um segredo, hoje em dia já bastante frequentada, esta pequena praia está localizada numa enseada repleta de vegetação que lhe dá um encanto natural fascinante. Para quem gosta de praias selvagens com uma beleza paisagista deslumbrante, é a praia perfeita! Se procura praias com bares e cafés para fazer uma refeição, esta não é praia certa uma vez que não tem qualquer infraestrutura nas suas imediações.

Como ir à Praia dos Coelhos?

Embora não seja difícil de encontrar a praia, para quem não conhece ou não se preparou previamente a procurar indicações, a missão pode complicar-se um pouco uma vez que no local não existe qualquer placa indicativa com o seu nome.

A melhor forma é estacionar o automóvel no parque de estacionamento do Creiro e seguir a pé pela estrada que liga o Portinho da Arrábida à Praia da Figueirinha. A cerca de 400m do parque de estacionamento irá encontrar, à sua direita, um retiro onde é costume estar estacionados alguns automóveis. Aí irá encontrar um trilho que deve seguir pela serra abaixo e, na primeira viragem que surgir, deve seguir pelo caminho à sua direita e seguir em frente até chegar ao areal. Segue abaixo uma imagem explicativa com o caminho a seguir.

4 Praia da Ribeira do Cavalo

A menos acessível de todas as praias da região, já um pouco distante das restantes, a Praia da Ribeiro do Cavalo localiza-se a oeste de Sesimbra. Quem a visita deve-se preparar para um percurso de alguma dificuldade com a duração de cerca de 20 minutos. Por ser pouco acessível, dá-nos a incrível sensação de aventura e de proximidade com a natureza, tornando um simples dia de praia numa experiência memorável. O azul límpido das suas águas e os mantos verdes dos arvoredos da montanha são as cores que se destacam e nos fazem sentir um enorme prazer por estar a desfrutar de um dos locais mais exóticos do nosso país. Visitem, mas de sapatilhas calçadas para o percurso (conselho de amigo 😊).

Nem só de praias vive a Serra da Arrábida! Que mais visitar?

1 Miradouro do Portinho da Arrábida

Um dos locais mais instragramizados da região e um spot perfeito para os amantes de fotografia. Este miradouro é de fácil acesso, através da estrada N379-1, será possível encontrá-lo facilmente devido aos vários automóveis estacionados na beira da estrada para a tradicional foto nos estrados de madeira. Com uma vista arrebatadora sobre a serra e com o mar a perder de vista, o local é de paragem obrigatória, certamente irá ficar deslumbrado com esta maravilha da natureza.

2 Sétima Bataria

A Sétima Bataria do Regimento de Artilharia de Costa de Outão (7ª Bataria) foi uma unidade de defesa do exército português que já não se encontra em atividade desde 1998. O acesso é simples, basta seguir a mesma estrada do Miradouro do Portinho da Arrábida, caso se encontre a dirigir em direção a Setúbal. O local, embora muito vandalizado, dispõe de uma vista surpreendente sobre a serra e o mar.  Lá encontrará canhões antigos apontados para o mar e alguns bunkers e túneis, antigamente utilizados para armazenagem e passagem dos militares. Por sorte, ou pela hora madrugadora em que visitámos o local, encontrava-se vazio o que nos permitiu tirar umas fotos bem jeitosas.

3 Convento da Arrábida

O Convento da Arrábida, localizado no interior da serra, é facilmente identificável pela dimensão. Não visitamos o local, embora estivéssemos interessados em fazê-lo, mas encontramos a entrada fechada. Com a ajuda da internet descobrimos que apenas é possível visitar o local através de marcação prévia para as quartas, sábados e domingos. Podem consultar aqui.

4 Palácio da Comenda

O Palácio da Comenda é um palácio ao abandono largamente vandalizado, construído no séc. XVIII que serviu de residência a personalidades ilustres da realeza europeia. Segundo consta, existe a possibilidade de, durante um período de tempo, o palácio ter sido habitado por Jacqueline Kennedy, esposa de J. F. Kennedy, e os seus filhos em 1963 após o assassinato do seu marido.

O palácio foi vendido este ano [2020], sendo que na altura em que o visitámos ele ainda se encontrava à venda (pormenor que nós nem fazíamos ideia, já que achávamos tratar-se de um local abandonado 😅). Embora vandalizado e com o interior muito danificado o local sempre foi muito procurado por curiosos, tal como nós. O palacete é propriedade privada, e a sua visita é um risco uma vez poder ser considerada invasão de propriedade privada.

A nossa visita aconteceu logo pela manhã que, ao depararmo-nos com o portão aberto, entrámos com o nosso carro e estacionámos no parque que se encontra de frente para o palácio. Durante toda a visita fomos os únicos a estar no local, num palácio composto por 5 pisos e 26 quartos com uma estrutura com elevado grau de degradação. O sítio embora belíssimo por toda a envolvência, encostado ao mar, dispondo até de praia privada, não deixa de ser meio sinistro devido à grandeza e ao estado de abandono. Para nossa surpresa na hora de abandonar o local, o portão já se encontrava fechado com uma corrente, por sorte não estava fechado a cadeado e conseguimos sair com o nosso automóvel. Uma história e pêras!

5 Castelo de Sesimbra

Há muita história para contar na região da Serra da Arrábida. O Castelo de Sesimbra é provavelmente uma das histórias mais antigas que a região tem para contar. As suas origens remontam ao século IX, em pleno período de ocupação muçulmana. Este castelo foi palco de diversas batalhas entre muçulmanos e cristãos tendo sido definitivamente conquistado no reinado de D. Sancho I.

Para além do contexto histórico impressionante, o Castelo de Sesimbra está localizado no cimo de uma encosta que permite uma vista impressionante sobre a serra e sobre a baía de Sesimbra.

A entrada no castelo é gratuita, e dispõe de boas infraestruturas de apoio. Antes da subida final existe um parque de estacionamento e merendas caso pretenda fazer um picnic ou alguma refeição. Contudo não se deixe enganar e suba com o automóvel até à entrada do castelo onde encontrará também um parque de estacionamento. Neste link pode confirmar o horário do Castelo, de acordo com os meses de verão e inverno.

6 Lapa de Santa Margarida

A Serra da Arrábida foi para nós uma caixinha de surpresas, se tivermos que eleger os locais que mais nos surpreenderam certamente que a Lapa de Santa Margarida constará nessa lista.

Após estacionarmos à entrada do Portinho do Arrábida o Google Maps indicou-nos um percurso pedestre pelo interior da floresta da Arrábida tendo sempre como pano de fundo o azul cristalino do oceano. À nossa espera estava uma pitoresca capela, localizada no interior de uma gruta com vista para o mar, envolta num aconchegante sossego que a natureza ali impõe.

O melhor de tudo? Estava completamente vazio quando a visitámos, por não constar nos guias turísticos tradicionais, pode desfrutar calmamente da sua visita e deixar-se encantar por um local que parece pertencer a um conto de fadas.

7 Cabo Espichel

Ao longo da costa portuguesa pontilham no mapa diversos cabos que são autênticos miradouros sobre o oceano e sobretudo sobre a natureza. No artigo sobre a região de Sintra contamos como foi visitar o ponto mais ocidental da Europa, o Cabo da Roca, desta vez foi hora de visitar o Cabo Espichel.

Localizado a 10km da vila de Sesimbra, este cabo para além da vista deslumbrante sobre o oceano é ainda possível visitar, o Santuário de Nossa Senhora do Cabo Espichel, Farol e a Ermida da Memória.

8 Castelo de Palmela

O Castelo de Palmela é um dos marcos históricos mais importantes da região e dono de uma das vistas mais deslumbrantes. O altaneiro castelo está localizado numa posição geográfica estratégica com boa visibilidade para o estuário do Sado. Além da sua excelente posição defensiva foi ainda uma das mais importantes ligações de comunicação com os castelos circundantes da linha do Sado e do Tejo.

A sua visita é gratuita e irá encontrar no seu interior as muralhas da Igreja de Santa Maria, logo à entrada e, no interior da sacristia, pode visitar o Gabinete de Estudos da Ordem de Santiago. No antigo Convento da Ordem de Santiago está instalada atualmente a Pousada de Palmela, onde pode pernoitar numa experiência digna de rei.

Na Torre de Menagem e no alto das suas muralhas fascine-se com as paisagens deslumbrantes. Do Castelo de Palmela é possível avistar na sua proximidade a cidade de Setúbal, o estuário do Sado, Tróia e, se prestar atenção, conseguirá observar ainda as planícies alentejanas e a Serra de Sintra. 

8 Moinhos Vivos de Palmela

Um dos símbolos da cidade de Palmela são os seus moinhos de vento que se encontram distribuídos pela Serra do Louro. A melhor forma de conhecer todos os moinhos é realizar a Rota dos Moinhos, um trilho circular de 22km que passa também pelo milenar Castro de Chibanes. Para realizar este trilho é necessário alocar cerca de um dia para o fazer.

8 Forte de São Filipe

Na cidade de Setúbal encontramos o Forte de São Filipe, uma fortificação construída no topo de uma colina pelas ordens de Filipe II de Espanha, durante o domínio filipino em Portugal. Foi construído na linha da costa de Setúbal com o intuito de proteger a cidade e a foz do rio Sado. 

Do forte desfrute da vista panorâmica lindíssima sobre a cidade e em especial sobre o rio Sado e Tróia. Aproveite e beba um drink no café/esplanada existente no interior do forte e tenha um final de dia de excelência.

8 Mercado Livramento

Cada vez são mais escassos os mercados tradicionais, ou praças, como costumamos chamar, com tanta dinâmica como o Mercado Livramento em Setúbal. As cores das bancas saltam à vista bem como o painel de azulejo alusivo à vida quotidiana do século XIX. Afamado pelo seu peixe, também dispõe de uma imensa variedade de legumes, produtos regionais como o vinho e o mel, pão e até mesmo peças de artesanato.  Se procura produtos frescos e com qualidade para confecionar a sua refeição, neste mercado não lhe irá faltar boas opções.

Serra da Arrábida | Onde dormir?

Existem inúmeros opções de estadia na região, desde Setúbal, Palmela, Sesimbra ou Azeitão. Já visitamos a região por duas vezes e ficamos em alojamentos distintos, mas ambos com muita qualidade e com excelente relação qualidade/preço.

1 Alojamento São Gonçalo

O Alojamento São Gonçalo localiza-se em Azeitão e à chegada fomos agradavelmente recebidos pelo proprietário que nos colocou muito à vontade sendo bastante prestativo. Um alojamento local com ótimas condições, com um quarto bastante amplo, dispondo de banheira de hidromassagem e chuveiro cascata, encontrando-se em plenas condições de higiene e conforto. É possível encontrar o alojamento neste link, certamente será uma excelente opção que não se irá arrepender.

Morada: De Vila Amélia, nº18, Cabanas junto ao parque de merendas São Gonçalo, 2950-536

Site oficial aqui

2 LH Palmela

O LH Palmela é um aldeamento turístico localizado na Quinta do Anjo nas imediações de Palmela. À nossa espera estava um apartamento moderno e bem mobiliado e com todas as condições de higiene. Para quem tenciona permanecer na região por diversos dias, é uma excelente opção considerando que pode confecionar as suas próprias refeições na cozinha do apartamento. De frente para o nosso apartamento encontra-se a piscina que pode frequentar sem que para isso seja preciso pagar taxa adicional.

Morada: Av. Maria José Eça de Queiróz lote A10, 2950-580 Palmela

Site oficial aqui

Serra da Arrábida | Onde comer, sair e beber um copo?

Setúbal é sinónimo de boa comida, de peixe fresco e de inúmeras opções de restauração. A iguaria tradicional é o choco frito, embora a sardinha assada seja também muito carismática.

Pastelarias/cafés

1 Confeitaria D’Arrábida

A Confeitaria da Arrábida foi a nossa primeira paragem quando visitamos a região. Já tínhamos tomado o pequeno almoço antes de partir, mas queríamos um local onde saciar um pouco da nossa gula e beber um café para nos despertar para uns dias em cheio. À nossa espera estava uma pastelaria que, com mestria, contrasta os sabores da doçaria tradicional e moderna num leque de opções onde difícil é mesmo escolher.   

Morada: Av. São Francisco Xavier lote 8 loja 2A, 2900-616 Setúbal
Horário: das 7h às 19h30

2 O melhor croissant da minha rua

Contaram-nos maravilhas destes croissants e de facto são deliciosos. Entre as ruelas de Sesimbra e conforme nos vamos aproximando, começa a sentir-se no ar um cheirinho a croissants acabadinhos de fazer.  Com nutella, creme de ovo ou mistos todos eles são deliciosos e para acompanhar nada melhor que um sumo de laranja natural. Um espaço pequeno, mas com um design e atendimento moderno e diversificado, é o local ideal para lanchar em solo sesimbrense.

Morada: R. Serpa Pinto n30, 2970-781 Sesimbra
Horário: das 9h30 às 18h

3 Pastelaria Regional Cego

O principal doce típico da região são as tortas de azeitão, uma torta com um recheio de doce de ovos. Embora existam muitas confeitarias que o fabricam, a que mais se destaca é a Pastelaria Regional Cego em Azeitão. O espaço é pequeno e encontra-se sempre muito frequentado tal a fama da qualidade das suas tortas. Para acompanhar a torta de Azeitão nada melhor do que um bom copo de Moscatel da região de Setúbal.

Morada: R. José Augusto Coelho 150, 2925-543
Horário: das 7h às 21h

Restaurantes

1 Casa Mateus

Com vitrines repletas de peixe espalhadas um pouco por todo a parte, a vila de Sesimbra é uma escolha segura para quem procura uma boa refeição. A poucos metros da principal avenida de Sesimbra, Casa Mateus é um pequeno, mas acolhedor, restaurante de traça tradicional inteiramente forrado a azulejo. Localizado numa vila piscatória, os sabores marinhos são obviamente os grandes cabeças de cartaz deste fantástico restaurante. Na nossa passagem, iniciámos a refeição com uma salada de polvo fresca e bem temperada e concluímos com uma farta caldeirada. Na hora da sobremesa a nossa escolha recaiu para a mousse de manjericão e morangos, uma sobremesa refrescante ideal para uma noite de verão. Uma aliança segura entre o bom atendimento e a boa cozinha, a Casa Mateus é já uma das referências incontornáveis na gastronomia da região. Está explicado o porquê!

Morada: Lg. Anselmo Braamcamp, 4, Largo Anselmo Braancamp 4, 2970-470 Sesimbra

2 Tasca da Avenida

Setúbal é um nome incontornável do mundo da gastronomia portuguesa, a quantidade e qualidade de restaurantes por toda a cidade é tão vasta que difícil torna-se escolher. Na Avenida Luísa Todi existe uma luta aguerrida pelo melhor choco frito de Setúbal, nós optamos pela Tasca da Avenida e não ficamos desiludidos. Um restaurante familiar com capacidade para um número reduzido de pessoas que, por este motivo, permite um serviço atencioso e pessoal. Queríamos cumprir a tradição e provar o carismático choco frito, pelo que iniciámos esse desafio logo nas entradas. À nossa espera estava uma dose bem generosa de choco frito, para uma entrada, com uma textura macia e deliciosa. Para prato principal escolhemos um dos ex líbris da casa: a Frigideira do Mar, uma junção de marisco com calamares magistralmente temperados com um molho saboroso. Para despedida uma mousse de chocolate gelada com sal e pimenta, uma junção diferente do habitual, mas em que o resultado final impressiona.

Morada: Av. Luísa Todi 578, 2900-457 Setúbal

Site oficial aqui.

Ainda restam dúvidas?

Adoramos a região da Serra da Arrábida, é um verdadeiro paraíso que todos os portugueses devem visitar. As praias da região só perdem pontos em relação às praias das Caraíbas devido à temperatura da água, que é capaz de congelar o espírito de qualquer comum mortal. Em termos paisagísticos, a envolvência natural das escarpas montanhosas repletas de belos arvoredos dá à região o ar puro e exótico que as diferencia das restantes praias portuguesas. Além das praias, há espaço ainda para conhecer locais recheados de histórias por contar que certamente despertará o interesse dos mais curiosos. A Serra da Arrábida permite as tais férias de sonho, sem cometer loucuras em orçamentos extravagantes.

Faz download gratuito do guia da Serra da Arrábida e tem acesso em qualquer lugar e a qualquer hora!

Leia também

Faça um comentário